4 artistas negros que dão o que falar ao unir estilo, política e cultura

Sabemos exatamente o quanto é difícil ser negro em nosso país e das várias questões que temos que lidar, como preconceito, solidão, medo, entre outros fatores. No entanto, muitos artistas negros nos inspiram a lutar contra essa insegurança.

A representatividade negra vai muito além de manter os cabelos naturais, mas compreender a nossa importância na sociedade. É absolutamente normal que queiramos ter a força e determinação de nossos ídolos para vencer os obstáculos da vida.

Sendo assim, preparamos uma lista com 4 artistas negros que nos representam e que servem de inspiração por meio de suas histórias, dos seus posicionamentos políticos e culturais. Acompanhe a leitura e confira!

1. Oprah Winfrey

Oprah é uma das mulheres mais influentes no mundo e lidera a lista da revista Forbes das norte-americanas mais bem pagas. Nascida no interior do estado de Mississipi, sua história de vida é marcada por uma infância bem complicada e traumática.

Quando tinha apenas 9 anos de idade, Oprah foi estuprada e espancada inúmeras vezes pelo tio e por primos, algo que só conseguiu comentar abertamente 25 anos depois. Com uma adolescência conturbada, chegou a engravidar aos 14 anos, mas perdeu o bebê e isso representou uma divisão de águas em sua vida.

Após o fatídico episódio, ela se dedicou aos estudos e começou sua carreira em comunicação. Seu emblemático programa de TV impulsionou diversos debates sobre violência sexual e sobre a importância da mulher, fazendo com que muitas telespectadoras rompessem o silêncio e denunciassem seus agressores.

2. Zezé Motta

Considerada um ícone da teledramaturgia brasileira, ela é uma das pessoas que impulsionaram a participação de negros em novelas e filmes. Começou a carreira aos 19 anos e realizou inúmeras atuações, que ajudaram a contar um pouco da história da cultura negra por meio de papéis como de Xica da Silva e Dandara dos Palmares.

Militante do movimento negro, Zezé sempre deixou claro que ainda é necessário ter mais autores, produtores e diretores negros atuantes no Brasil, além de fortalecer a bandeira da igualdade de gênero. Engajada em causas humanitárias, chegou a receber a Comenda Abdias do Nascimento pela contribuição relevante à proteção da cultura afro-brasileira.

3. Mano Brown

Pedro Paulo Soares Pereira, o paulistano do Capão Redondo, ascendeu para o sucesso por meio de letras de rap que denunciam o cotidiano do homem negro, marginalizado e silenciado pela violência social. É considerado um dos artistas mais importantes do Brasil, com oito álbuns lançados ao lado dos Racionais MC’s.

Polêmico e de opiniões fortes, mano Brown construiu seu trabalho por meio da influência artística de cantores como Jorge Ben Jor, Agepê, Bob Marley e também o ativista norte-americano Malcon X.

4. Denzel Washington

Uma das personalidades negras mais respeitadas de Hollywood, Denzel detém duas estatuetas do Oscar por Tempo de Glória e Dia de Treinamento. Nascido em Nova Iorque, o ator chegou a iniciar o curso de jornalismo, mas foi o teatro que o encantou de verdade e o fez mudar de vida.

Sua importância é marcada não só pelas excelentes atuações em seus filmes, mas também por entrevistas e discursos representativos para a comunidade negra e para a sociedade norte-americana.

Pai de quatro filhos e feliz em um relacionamento afrocentrado há mais de 30 anos, Denzel sempre se engajou em causas sociais, patrocinando inclusive os estudos do ator Chadwick Boseman, o herói Panteira Negra.

Para encerrar, claro que não podemos deixar de citar outros artistas negros que também têm importância para quebrar os paradigmas presentes em relação a nossa cor, tais como Elza Soares, Milton Gonçalves, Emicida, Negra Li e Karol Conka.

Gostou desta lista sobre artistas negros que dão o que falar? Então, aproveite que está por aqui no blog e confira também os esteriótipos da mulher negra na TV que devem ser combatidos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This